Blog

Sinalização de emergência para shoppings – principais características

Os shoppings estão entre as edificações que mais precisam de atenção no momento de se pensar na sinalização de emergência. Todos os shoppings precisam contar com placas de identificação com mensagem clara, totens, mapas de sinalização, piso tátil, entre outros recursos.

Ralph Chezzi, engenheiro civil e responsável pela Bump, especializada no desenvolvimento de projetos de sinalização para diversos segmentos, explica sobre a importância da orientação clara nesses estabelecimentos:

“A comunicação visual nesses locais precisa ser ágil, porque muitas vezes as pessoas buscam por orientação enquanto estão caminhando, ou seja, a compreensão precisa ser rápida”, acrescenta.

Leia: Importância das placas de sinalização de emergência – Fique por dentro

Sinalização de emergência para shoppings – Fundamental

A NBR 13434 tem como finalidade garantir a padronização das formas, dimensões e cores que compõem a sinalização de emergência nas edificações. A principal finalidade da sinalização de emergência para shoppings é garantir a segurança contra o incêndio e pânico.

Uma das sinalizações de emergência mais importante é a indicação das saídas, em um caso de acidente, por exemplo, é comum que as pessoas se sintam confusas, esse tipo de sinalização que se utiliza de recurso fotoluminescente é fundamental para orientar quanto às rotas de saída e garantir a fluidez no ambiente, mesmo em situação caótica.

Também faz parte da sinalização de emergência para shoppings, a identificação junto a extintores, hidrantes e mangueiras de incêndio.

“Essas placas de sinalização bombeiro possuem adesivo fotoluminescente e serve para orientar o profissional em um caso de acidente no local, tornando o processo de salvamento mais tranquilo”, explica Chezzi.

O objetivo é garantir o bem-estar de todas as pessoas que trabalham ou circulam frequentemente no local. Todo o planejamento de sinalização de segurança nos shoppings precisa ser realizado por empresa especializada e experiente em desenvolver esse tipo específico de comunicação visual para os estabelecimentos.

A sinalização de segurança, prevista pela NBR 13434 é classificada em básica e complementar.

A sinalização básica está dividida em quatro categorias: sinalização de proibição; sinalização de alerta; sinalização de orientação e salvamento e sinalização de equipamentos de combate e alarme.

Já a sinalização complementar é composta por faixas de cor ou mensagens em situações específicas como:

Para indicar a continuidade de rotas de saída;

Para indicar obstáculos e riscos da utilização de rotas de saída, como é o caso de pilares, arestas de paredes, vigas, etc.;

Contém mensagem escrita que acompanha a sinalização básica, onde é necessária uma complementação à mensagem repassada apenas pelo símbolo.

Como a sinalização de emergência para shoppings deve ser instalada

Chezzi explica que há algumas normas no momento da implantação da sinalização de segurança, como:

Precisa ser instalada estrategicamente em locais visíveis;

A instalação deve ser realizada a uma altura mínima de 1,80m;

As sinalizações de segurança devem estar distribuídas respeitando uma distância máxima de 15m entre si;

As sinalizações precisam estar dispostas no local, de maneira que a distância máxima percorrida até uma sinalização de saída são seja maior que 7,5m;

Sempre que um equipamento de combate a incêndio ou alarme for instalado, é preciso que haja sinalização;

Em caso da necessidade da inclusão de um outro idioma, não se pode substituir o idioma original, mas adicionado como complemento;

Entre outros.

Confira: Sinalização para condomínios deve atender às normas de regulamentação

Outros requisitos fundamentais para a sinalização de emergência

Ainda segundo a NBR 13434, é importante que os materiais utilizados para a sinalização de emergência sejam de alta qualidade e resistentes:

À propagação da chama;

Aos agentes químicos e lavagem;

À água;

Ao sabão;

Ao óleo comestível e gordura;

À névoa salina;

Ao uso de detergentes;

Ao efeito fotoluminescente;

Entre outros.

“A sinalização de emergência para shoppings deve ser projetada estrategicamente por uma equipe profissional experiente. O não cumprimento dessa regra pode gerar multas e penalização ao local”, conclui.